Moneró (bairro)

(antigo Jardim Ipitanga)


Originalmente, suas terras pertenciam ao fazendeiro italiano Francisco (Francesco) Moneró - que faleceu em julho de 1965 - e o bairro como temos hoje surgiu com o loteamento Jardim Ipitanga (nome tupi para "rio vermelho"), em 1955, ocupando área de 100 mil m². Estendendo-se entre a Praia do Dendê e a Estrada de Tubiacanga (atual Governador Chagas Freitas), resultou em 15 ruas, como a Adolfo Porto, Domingos Segreto, Alteia, Avenida do Magistério, Franco Job, Bardana, Princesa, o prolongamento da Estrada do Dendê, entre outras.
A denominação, delimitação e codificação do bairro foi estabelecida pelo Decreto nº 3.158, de 23 de julho de 1981, com alterações do Decreto nº 5.280, de 23 de agosto de 1985.

Fonte: Dicionário-Vocabulário Guarani - Tupi - Tupi Antigo - Português (www.girafamania.com.br), Jornal do Brasil (14.07.1965) e Portal Rio Geo (http://portalgeo.rio.rj.gov.br)
Mapa: Portal Rio Geo (http://portalgeo.rio.rj.gov.br)
Imagem: Jornal do Brasil (14.07.1965)

PRINCIPAL