Rua Raymundo Malheiros (Portuguesa [Parque Royal]) - CEP: 21931-615

(antiga Rua Jornalista Alaíde Pires)


Raymundo Roberto Almeida Malheiros nasceu em Salvador (BA), a 30 de setembro de 1957.
Era funcionário público, primeiro da Feem, depois da Feema.
Faleceu aos 39 anos, em 7 de junho de 1996 de complicações decorrentes de esclerose lateral.
Sua esposa, a jornalista Alaíde Pires, conta que inaugurou a rua em 1982; "era foquinha [estudante de Jornalismo e/ou jornalista iniciante] n'O Dia e tinha acabado de casar, precisei voltar antes da lua-de-mel para participar da inauguração da rua, que teve churrasco e até banda de música. Tive esse privilégio por ter ajudado a colocar luz no local, já que a editoria em que trabalhava, 'Comando em Ação', espécie de Globo Cidade, denunciava problemas nas ruas (buraco, falta de água, etc)."
Quando começaram a nomear as ruas do chamado Parque Royal, o logradouro - até então, Rua 1 - levou seu nome, mas "depois, o poder público implicou porque não se pode dar nome de logradouros públicos a pessoas vivas (queriam botar a de um político) e o pessoal da associação de moradores resolveu que o nome da rua deveria homenagear algum familiar meu falecido. Indiquei o nome de meu primeiro marido, o Beto", lembra a jornalista, que "emprestou" seu nome oficialmente à rua até 2006 e muita gente ainda assim se refere para indicar o logradouro. Os próprios Correios ainda constam com seu nome antigo no CEP.

Agradecimentos a Alaíde Pires, pelas informações e pela cessão da foto (de 1981)
Com informações do www.jusbrasil.com.br

PRINCIPAL