Rua Pojuca (Zumbi) - CEP: 21930-180


Pojuca é um município do estado da Bahia, localizado na Região Metropolitana de Salvador.
O termo "pojuca", segundo Theodoro Sampaio (1855-1937) - engenheiro baiano que trabalhou na construção da Estrada de Ferro da Bahia e presidente do Instituto Histórico e Geográfico da Bahia e fundador do Instituto Histórico Geográfico de SP -, é corruptela de iapó-iuca, que significa "o pântano", "o estagnado", "o podre".
O Rio Pojuca banha todo o município de oeste para leste, num percurso de 60 km aproximadamente e a cidade encontra-se edificada à sua margem esquerda, originando-se daí o seu topônimo.
Com a chegada de Tomé de Sousa, em 1549, pisou as terras incultas da Bahia o intrépido bandeirante Garcia D'Ávila, estabelecendo-se nas terras onde está situado o atual município de Pojuca e partiu para o desenvolvimento de densa floresta; contribuindo para o povoamento da região, posteriormente, introduziu-se Mata de São João, onde se edificou o castelo da torre.
Data de 1612 o movimento colonizador, verificando nas terras marginais dos rios Pojuca, Jacuípe e Joanes, que se atraíram pela sua fertilidade, diversos colonos, os quais ali se fixaram, fazendo erguer-se das matas incultas, pequenas comunidades.
A primeira povoação surgida no território do atual município data de 1684, quando se fixaram às margens do Rio Pojuca, onde está situada a cidade do mesmo, as famílias Freire de Carvalho, Veloso e Saraiva, que fizeram construir moradias e engenhos, atraindo para o desenvolvimento da nascente diversos colonos.
Com o decorrer do tempo, foram surgindo as primeiras casas e as principais ruas, conhecendo a povoação apreciável progresso, uma conseqüência lógica do seu aumento populacional.
O distrito criado pela Lei Municipal de 5 de setembro de 1892, figura na divisão administrativa do Brasil, relativa a 1011 com o componente do município de Sant'Ana do Catu.
Em virtude da Lei Estadual N° 979 de 29 de julho de 1913, criou-se o município de Pojuca, com o território desmembrado de Sant'Ana do Catu (atual Catu), começando a chamar-se assim a partir de 26 de outubro de 1913.
Na divisão administrativa do Brasil, concernente a 1933, o município de Pojuca apresenta-se subdividido em dois distritos, o da sede e o do Miranga, mantendo-se essa formação distrital nas divisões territoriais datadas de 31 de dezembro de 1937, como também no quadro anexo de decreto Lei N° 10.724 de 30 de março de 1939.
Pojuca fica situado a 67km da capital baiana; suas principais rodovias de acesso são: BA-093, BA-504 e BA-507. Sua temperatura média é de 24.7°C. Atividades econômicas: agricultura, pecuária, extração de petróleo e gás natural, indústrias, comércios e serviços; população de 32.773 habitantes (segundo o IBGE) - cujo gentílico é "pojuquense" ou "pojucano" - e área de 318 km².

Fonte e brasão: Wikipedia, com informações de www.hcnet.usp.br e http://biblio.etnolinguistica.org

PRINCIPAL