Rua Domingos Segreto (Moneró, pela Prefeitura; Portuguesa, pelos Correios) - CEP: 21920-300


Industrial, Domingos Segreto foi o que se chama de "homem de teatro", juntamente com o empresário italiano Paschoal Segreto, de quem era seu contador, sendo posteriormente, presidente da Empresa Paschoal Segreto.
Domingos Segreto nasceu no Rio de Janeiro no dia 14 de maio de 1896.
Bacharelou-se em 1920 pela Faculdade Nacional de Direito, sendo, logo em seguida, nomeado delegado de Polícia, em Minas Gerais.
Em 1921, com a morte de seu tio Paschoal Segreto, fundador da empresa juntamente com seu pai Caetano Segreto, Domingos assumiu a direção da empresa, tornando-se posteriormente, em 1941, seu diretor-presidente.
Era casado com Marieta Gianini Segreto e não deixou filhos.
Faleceu vítima de um segundo enfarte no miocárdio (já havia tido um, em 1950) em 15 de setembro de 1951.

Agradecimentos ao Prof. Jaime Moraes, do Fotolog Ilha do Governador (http://fotolog.terra.com.br/ilhadogovernador) pelo envio da foto (reprodução de 1936)
Fontes: "Paschoal Segreto: 'Ministro das Diversões' do Rio de Janeiro (1883-1920)", dissertação de Mestrado pela UFRJ de William de Souza Nunes Martins (www1.capes.gov.br/teses/pt/2004_mest_ufrj_william_de_souza_nunes_martins.PDF), http://cral.in2p3.fr/artelogie/spip.php?article57, Biblioteca Nacional e Correio da Manhã

PRINCIPAL